SPFW, segundo dia!

Hello!! Estamos no segundo dia, já temos tantas novidades, ainda tem tantas novidadess por vir… Então vamos lá, comentem muito! Big Beijooo!!!!

Com uma coleção inspirada nas formas do diamante, Reinaldo Lourenço idealizou vestidos longos, corsets e calças dignos de alta costura. Com precisão maestra, ele trabalhou o couro, gaze e tule, o que resultou, entre outras coisas, nestes lindos mosaicos “ambulantes”. Lindo! De aplaudir de pé.

Herchcovitch fez bonito. Com tecidos nobres, brocados nos lugares certos, silhueta ajustada, as vezes com um “q” de geométrica, algumas saias pregueadas a la anos 60 e com muitos laços marcando a cintura ou fazendo as vezes das alças dos vestidos.

Com exceção do vermelho, os tons eram pastéis, comprimentos midi e até os corsets pareciam ingênuos, em tons de nude, rosê e azul clarinho… Aí o som ficou mais forte, e as modelos começaram a entrar com “meios bonés de aba quadrada”, em cetim no mesmo tom da roupa. Amei. A coleção é bem vintage e comportada, execução precisa e uma visão certeira de novos prismas.

A modelo que fechou o desfile entrou com um vestido preto, midi, todo bordado, e o “meio boné”, o único preto da noite, e arrancou um “ohhhh” da plateia.

O branco/ off-white soberanos deste verão também reinaram na passarela da Iódice, para nossa surpresa e felicidade, menos sexy, mais leve e cheia de frescor. Me lembra muito o agora chamado neo-romântico, com muitos detalhes, apliques, brilho, tecidos diferenciados e modelagem contemporânea. Aqui vimos saias fluidas, mangas bufantes, rendas, muitas rendas, bordados delicados sob transparências. Lindo, moderno, delicado, me apaixonei!

Pra ver Cori e Triton é só clicar:

Continue lendo

Primeiro dia da SPFW!

Oi gente linda!! Nesses dois dias de SPFW ví tanta coisa, aprendi, conheci, experimentei tanto…Que nossa! Tenho um monte de coisas pra mostrar pra vocês e já não vejo a hora de chegar sexta-feira pra colocar meus pézinho (hahahahaha, piada interna!!) lá novamente. Aqui vai um resumão do priemiro dia, espero que gostem. Um beijo enorme e aguardem pelos posts dos outros dias!

Em tons que partiram do branco, passaram pelos cinzas, lilases e chegaram aos azuis, a Animale mostrou um verão leve e vaporoso. Usando o artificio das sobreposições a estilista brincou com (lindos!) bordados de paetês e metais. Muita transparência e tecidos nobres- como couro, gaze de seda e linho foram usados nas modelagens onde saias midis e  pantalonas marcaram forte presença.

Com clara referência à arte tribal indígena, a coleção idealizada pelo estilista Eduardo Pombal abusou de texturas e grafismos, mantendo a modelagem estruturada, geométrica e de linhas limpas, tradicional da grife. O branco, preto, vermelho e laranja foram os eleitos da vez, mas pitadas de verde (ou amarelo) fluo deram vida à algumas peças. O curto predominou, e na minha opinião, aquele cheiro de fetiche by Tufi Duek ainda esteve por lá.

Pra ver sobre o Samuel é só clicar:

Continue lendo

Top Five Fashion Rio!

Pra mim esse foi o melhor Fashion Rio, no que se diz respeito a diversidade de coleções, profissionalismo das grifes que desfilaram (bonito!), e visível ligação com as tendência de moda internacionais pro próximo verão. E espero dizer o mesmo no próximo evento!

Com muita dificudade escolhi alguns looks que me encantaram:

O que acharam? Eu acho que resumidamente aí tem muito do que vai rolar na próxima estação, mas aguardem abordagens mais complexas das tendências, inclusive focando nos calçados. Aliás, o Herchcovitch desfilou a coleção inteira com scarpins de bico fino, nos desfiles internacionais de inverno eles também estiveram presentes, tipo: ameaçando voltar, será que no verão cola? Tomara, estou com saudades, e vocês?

Big beijos!!!